Processo Seletivo - Dicas


 
  IMPORTANTE  
 

Em decorrência da publicação da Lei 12.863/13 informamos que fica vedada a contratação, por parte da FAI-UFSCar de parentes em linha reta ou colateral até TERCEIRO GRAU de Servidores da UFSCar que atuem na Direção da FAI-UFSCar ou que sejam ocupantes de cargos de Direção Superior da UFSCar.

 
 

 
  DICAS PARA PARTICIPAR DE ENTREVISTAS DE SELEÇÃO  
 

Normalmente, quando estamos diante de uma nova situação, tendemos a ficar ansiosos e é isso o que acontece ao recebermos uma ligação marcando a entrevista de emprego.


Quem passa por situações como essa sabe que o tempo para demonstrar nossa capacidade é pequeno, e não aproveitar a essa chance pode resultar na frustração de perder a vaga.


Mas o importante é não desistir. Respire, erga a cabeça, seja persistente e continue se preparando. O futuro o espera com novas e, quem sabe, até mais interessantes oportunidades.


Entendendo o dilema por que passam candidatos a emprego ou estágio, aquela ansiedade que tira o sono, nós preparamos algumas dicas que poderão ajudá-lo a se preparar para aumentar suas chances de realizar uma boa entrevista de emprego.


Vamos a elas:


Estabeleça o seu objetivo:


Antes de se inscrever em um processo seletivo é importante que você esteja certo sobre o seu objetivo durante o processo seletivo, ou seja, tenha claramente em mente aonde quer chegar e como.


Cuide da preparação do seu currículo:

A preparação para uma boa entrevista começa com a redação do currículo. O entrevistador conduzirá a conversa pautando-se pelos principais pontos desse documento. Sendo assim, comece pela estrutura do currículo. Pense sobre tudo o que aconteceu durante sua trajetória e que teve significados importantes para sua vida profissional.


Além de descrever os conhecimentos e atividades exercidas, destaque também os bons resultados que obteve ou dos quais participou.


Seja convincente ao apresentar suas competências:

É quase regra que o selecionador ou entrevistador iniciará a entrevista pedindo para que o candidato faça um breve relato do seu histórico profissional, então, vá preparado. Você pode dividir sua carreira em etapas, começando pelas atividades mais simples, como utilização de ferramentas de trabalho (máquinas, computadores, sistemas de informação, etc) até chegar às atividades mais importantes e relevantes que satisfaçam o perfil da vaga.


Ao fazer a apresentação da sua carreira, destaque ações e resultados obtidos com o seu trabalho, como projetos que realizou ou dos quais teve boa participação, qualificando e quantificando os resultados, se possível.


Colete informações sobre a empresa contratante:

É importante buscar informações sobre a empresa contratante. Saber detalhes sobre o negócio da empresa será um diferencial no momento das entrevistas. Por exemplo, se você estiver buscando uma oportunidade na área de recursos humanos, pesquise informações relacionadas ao sistema de informação utilizado pela empresa e políticas de RH. Você pode começar pesquisando o site da empresa e conversar também com pessoas que trabalham ou trabalharam na empresa. Com essas informações você poderá se sentir mais seguro e ser mais objetivo ao responder o porquê de desejar trabalhar em tal empresa.


Fique atento a alguns detalhes importantes:

Determinados detalhes podem contribuir para deixar uma impressão boa ou ruim sobre você, então fique atento no seguinte:


  • Planeje-se para chegar no horário marcado.

  • Cumprimente o entrevistador com um aperto de mão firme.

  • Mantenha contato visual com o entrevistador.

  • Não exagere no perfume.

  • Não masque chiclete ou bala.

  • Informe-se sobre o traje usual da empresa.

  • Não fale mal de seu atual ou antigo empregador.

  • Não revele informações confidenciais sobre a empresa na qual você trabalha ou trabalhou.

  • Seja sincero quanto ao motivo da sua saída do antigo emprego.

  • Se você tiver um real interesse em ocupar a vaga, mostre entusiasmo.

  • Seja natural, não tente representar o que não é.


A entrevista é uma via de mão dupla.

Aproveite o momento da entrevista para fazer perguntas e tirar dúvidas sobre o cargo para o qual você está concorrendo. Fazendo isso, além de demonstrar interesse pela vaga, você entende melhor quais serão suas atribuições e responsabilidades no novo cargo, e assim poderá ter mais certeza sobre a decisão de continuar no processo seletivo ou não.


Preocupe-se com a comunicação

Sem uma boa comunicação você terá dificuldade para colocar em prática as dicas para participar de processos seletivos. Normalmente as pessoas falham muito na comunicação, então recomendamos que treine, pratique e desenvolva esta habilidade.


  • Tenha segurança ao falar. Confie em si mesmo, reforce sua autoestima para ficar calmo e tranquilo em qualquer situação;
  • Fale bem, com boa voz, boa dicção. Administre a velocidade da fala, faça pausas, modele o volume ao ambiente e ao(s) interlocutor(es);
  • Seja objetivo, desenvolva as ideias com clareza, com começo, meio e fim, use exemplos para fortalecer os seus argumentos;
  • Faça gestos adequados, tome cuidado com as mãos, evitando uma excessiva gesticulação. Procure adequar a expressão facial ao seu conteúdo, tenha uma postura elegante e confiante;
  • Modele o vocabulário e a linguagem ao tipo de pessoa com quem estiver falando para falar na mesma "língua" do interlocutor. Isso exige flexibilidade e preparo;
  • A aparência e elegância também contam pontos. Seja discreto ao vestir-se, zelando por uma impressão positiva, considerando um bom asseio corporal.

Leve algumas referências anotadas num papel:

Algumas empresas podem solicitar que apresente referências de pessoas com quem você já tenha trabalhado para saber mais sobre o seu perfil profissional. Leve anotação para informar três ou mais contatos de pessoas com quem você já tenha se relacionado no âmbito profissional.


Observe se a proposta está dentro de suas expectativas:

No andamento de um processo seletivo, os candidatos com perfis mais adequados para a vaga são selecionados para as fases seguintes, restando cada vez menos concorrentes ao cargo. Por isso, é importante que você esteja consciente ao avançar no processo,  continuando apenas se a vaga realmente lhe interessar. No momento em que a empresa decide pela contratação de um dos profissionais e faz uma proposta que atende à sua pretensão financeira, há uma grande expectativa de que este candidato aceite a proposta. Algumas empresas negociam com o candidato um tempo para ele pensar, mas é importante lembrar que a empresa espera que o candidato finalista já tenha sua decisão tomada e não precise de muito tempo para responder.


O que fazer ao receber uma contraproposta?

Algumas empresas fazem contraproposta quando um funcionário pede demissão, oferecendo salário maior, cargo melhor e outros benefícios. Muitas vezes, a contraproposta é uma solução de curto prazo adotada pela empresa para prevenir os problemas que ela teria com a saída de uma pessoa do grupo. Pode ser que a motivação da empresa ao oferecer uma contraproposta não esteja ligada à valorização deste profissional. Ao aceitar a contraproposta, pode ser que você leve em conta apenas questões financeiras que no longo prazo não terão grande importância.


Lembre-se dos motivos que o levaram a buscar uma nova oportunidade e fique atento para não perder a chance de trabalhar em uma nova empresa com políticas diferentes de promoção e de valorização dos empregados.


Mantenha a porta aberta com seu antigo empregador.

Mesmo que você esteja ansioso para começar a sua trajetória na nova empresa, lembre-se que você tem uma obrigação a cumprir com o seu antigo empregador. Procure terminar as suas tarefas, deixar seus materiais organizados e preparar alguém para assumir as suas atividades.



O Comissão Permanente de Processos Seletivos da FAI•UFSCar deseja a você, candidato e candidata, boa sorte em seu processo seletivo e espera que você venha a fazer parte da nossa equipe.